José Elias foi secretário estadual de Comunicação do governo Moacir Andrade
Capa
Publicidade
DESTAQUE
Postado em 28/06/2022
JHC FICA COMO MAGISTRADO NA CAMPANHA DE PRESIDENTE
Por José Elias
0
Postado em 28/06/2022
GUARINES QUER PESCAR O PEIXE E JOGAR NAS RUAS PARA MATAR FOME
Por José Elias
0
Postado em 28/06/2022
PTB E PL VÃO FECHAR ACORDO PRA APOIAR COLLOR NO VOTO DE ALAGOAS
Por José Elias
0
Postado em 28/06/2022
POVO NAS RUAS SE JUNTA A COLLOR E BOLSONARO NA MOTOCIATA EM MACEIÓ
Por José Elias
0
Postado em 28/06/2022
BRAÇO NA TIPOIA, DANTAS NÃO PARA INAUGURANDO OBRAS NO INTERIOR
Por José Elias
0
Postado em 27/06/2022
RIO LARGO ACUSA EMPATE TÉCNICO NA CORRIDA AO GOVERNO EM OUTUBRO
Por José Elias
0
Publicidade
OPINIÃO
Postado em 29/06/2022

VOTO MANIPULADO MUDA SENTIDO DA CIÊNCIA CHAMADA DE POLÍTICA

Vereador de oposição até onde a lei faculta, trocava o discurso quando recebia a visita de emissários do prefeito

   As mudanças de posições, chamadas de incoerência, viraram acontecimentos naturais no cotidiano da política, muitas vezes injustas com os corretos. Hoje no PL, amanhã no PSD, depois no PSL e assim vai enchendo a biografia de fatos que, no futuro, aparecerão na vitrine.
   Agora elogiando, jogando confetes nos aliados, na segunda-feira, de repente, se transformam em cafajeste, caminhando do outro lado da calçada. O que era bonito, elegante, charmoso, discurso firme e bem estruturado, passa a ser feio, nojento, maloqueiro e desonrado.
   Voto é um produto que ampara os desprotegidos? Absolutamente negativo porque, quem vive lá dentro, sabe se tratar de um instrumento manipulado, criado para beneficiar profissionais que se especializam a falar o que não é verdade, de cara dura, sem piscar os olhos.
   Vereador mais de 100% oposição, criticando até o vento da respiração humana, esfriava quando tinha uma “conversa reservada” com emissários do prefeito. Voltava à tribuna com o argumento de que “resolvi dar outra oportunidade ao governo”, saindo da linha de Lamenha Filho, Afrânio Lages e Arnon de Mello.