Foi reporter nas rádios Progresso, Difusora, Palmares, Jornal de Alagoas e Jornal de Hoje
Capa
Publicidade
Publicidade
DESTAQUE
Postado em 05/12/2020
RONALSA DIZ QUE AGORA QUER JUNTAR FORÇAS
Por José Elias
0
Postado em 05/12/2020
ASSÉDIO A CALDAS INCOMODA CADERNO DO SEU ASSESSOR
Por José Elias
0
Postado em 05/12/2020
JHC CONFESSA A VEREADORES SALES NO TIME
Por José Elias
0
Postado em 05/12/2020
EUDÓCIA PODE SER SECRETÁRIA DE SAÚDE DE MACEIÓ
Por José Elias
0
Postado em 05/12/2020
CÍCERO AMÉLIO PODE RESSURGIR NO VOTO DE 2022
Por José Elias
0
Postado em 05/12/2020
BASE DE APOIO DE RUI PALMEIRA VIVA EM PARIPUEIRA
Por José Elias
0
Publicidade
OPINIÃO
Postado em 05/12/2020

TODOS DIZEM QUE NÃO QUEREM MAS, NO ÍNTIMO, LUTAM PELO CARGO

Se passar no teste, JHC vai enfrentar nomes respeitados no mercado político pela indicação

   No momento, não há engenharia política no mundo que monte o xadrez das composições de 2022. Interesses comuns, eles se juntam, conversam, mandam recados pela imprensa e enchem de elogios uns aos outros. Quando se desentendem, quem não tem defeito a gente bota, como se joga nos confrontos que marcam as cenas das divisões no interior.
   A vaga de governador, lotada de remendos e buracos, é a mais disputada nos leilões das articulações, que começam  agora. Todo mundo aceita, alega que vai para o sacrifífio, atenderá o “apelo” dos amigos e vestem a camisa depois da indicação. Promete resolver todos os problemas na campanha mas, ao assumir, com o abacaxi na mesa, inicia a choradeira.
   JHC, novo prefeito, estreia nesse jogo majoritário com postura de que quer ganhar os desafios. Vai encarar pela frente a experiência e o caminho percorrido por Arhur Lira, Marcelo Victor, Antônio Albuquerque, Fernando Collor, Renan Calheiros e Luciano Barbosa. Passando nesse teste, segue o caminho que o levará, se tiver habilidade, a cadeira do Palácio